Claudicação Intermitente


Quando os vasos sanguínios das pernas se estreitam devido ao colesterol e outras gorduras - aterosclerose - os músculos da barriga das pernas não recebem oxigénio suficiente o que provoca dores nesta região sempre que efectua algum esforço, como andar um ou dois quarteirões. Estas dores são aliviadas com o repouso e voltam sempre que repete o esforço.
Este sintoma é designado em termos médicos por claudicação intermitente e integra uma patologia denominada doença arterial periférica.


O tabaco é um dos principais factores de risco, sendo por isso um hábito a abolir. A redução dos níveis de colesterol e triglicéridos são, também, uma importante medida de prevenção desta doença.

A prática regular de exercício físico não deve, também, ser descurada.